Como elaborar plano de benefícios para a empresa?

Saber como elaborar plano de benefícios é relevante para as empresas, uma vez que essa estratégia é importante para complementar a remuneração dos funcionários. Além disso, oferecer vantagens além do salário também diminui o turnover e desperta o desejo de bons profissionais atuarem na companhia.

Apesar disso, muitos gestores de RH têm dúvidas sobre como criar um planejamento ou política de benefícios nas empresas. Se esse é o seu caso, vamos ajudá-lo!

Criamos um passo a passo, com tudo o que você precisa saber para elaborar plano de benefícios na sua organização.

Passo a passo: aprenda como elaborar plano de benefícios para empresas

Ao elaborar plano de benefícios, você precisa seguir 5 etapas básicas. Veja, nos tópicos a seguir!

Defina o orçamento disponível

Antes de mais nada é preciso verificar qual é o orçamento disponível para elaborar plano de benefícios que a empresa tem. Muitas companhias dependem da aprovação do setor financeiro ou da direção para receber verbas para essa finalidade.

Se esse for o seu caso, convém ter uma conversa com o responsável por essa área e expor as vantagens que a empresa terá ao fazer esse investimento. É preciso que a companhia tenha o entendimento de que, investir em benefícios para os colaboradores, não é um gasto, mas sim um investimento.

Conheça o perfil da sua equipe

É muito importante que você conheça bem o perfil da sua equipe ao elaborar plano de benefícios, para que sejam escolhidas as vantagens mais adequadas para serem oferecidas.

Não adianta você fazer uma parceria para que os funcionários tenham descontos em uma loja de roupas de grife, por exemplo, se a maioria deles não compra esse tipo de peça de vestuário.

Para conhecer o perfil da sua equipe, você pode utilizar instrumentos, como as pesquisas. Crie uma espécie de questionário, apontando alguns benefícios e solicitando aos colaboradores que apontem o que eles mais gostariam de ter.

Com base nas respostas obtidas, você pode correr atrás de novas parcerias e conquistar mais benefícios para oferecer aos colaboradores. Assim, se garante que oferecerá itens que as pessoas realmente vão aproveitar.

Ofereça até os benefícios mais comuns do mercado

Quando se fala em elaborar plano de benefícios, muitos profissionais de RH pensam que devem oferecer opções mirabolantes para os funcionários. Aí entram brindes personalizados, vouchers para lojas, viagens, entre outras vantagens.

Tudo isso é muito bom e pode sim ser aplicado. Porém, você não precisa “reinventar a roda”! Os benefícios mais comuns, como plano de saúde, convênio odontológico, vale-refeição e vale-alimentação são os que mais agregam valor para os funcionários.

Seja em casa ou restaurantes, todos os dias as pessoas precisam se alimentar. Logo, tirar esse dinheiro do salário pode representar um gasto significativo ao final do mês.

Quando a empresa oferece o vale-refeição ou vale-alimentação, o colaborador pode almoçar ou jantar nos melhores restaurantes, bem como comprar alimentos no supermercado de sua preferência.

O mesmo vale para a questão dos planos de saúde e odontológicos. Não é novidade para ninguém que os serviços públicos oferecidos para essa área, na maioria dos casos, são sucateados em nosso país.

Além disso, as consultas particulares com médicos especialistas podem custar caro. Logo, o plano de saúde é algo muito valorizado pela grande maioria dos profissionais contratados pelas empresas.

Receber esses benefícios mais comuns, portanto, pode ser um atrativo maior do que ofertar vantagens diferentes, mas que agregam pouco ao dia a dia dos trabalhadores.

Surpreenda os colaboradores

Apesar dos benefícios mais comuns serem os mais adequados, eles podem ser remodelados, de modo que os colaboradores sejam surpreendidos positivamente. É o que acontece quando soluções tecnológicas passam a ser utilizadas.

O vale-refeição e o vale-alimentação, por exemplo, geralmente são oferecidos por meio de um cartão. De tal maneira, o funcionário precisa sempre portar esse item com ele, para que consiga comprar e fazer as suas refeições.

Porém, você pode surpreender ao elaborar plano de benefícios e oferecer essas vantagens de maneira mais moderna. Já é possível que os vales sejam disponibilizados em um aplicativo para celular, por exemplo.

Com esse serviço, o colaborador poderá pagar as refeições feitas no restaurante ou compras realizadas no supermercado, sem necessitar portar um cartão com ele. Basta informar o número do CPF no caixa e indicar a conta. Na sequência, uma senha é gerada no app e deve ser inserida.

Pronto! Feito isso, o valor gasto no estabelecimento conveniado é descontado da conta do colaborador, de forma prática, rápida e segura.

Deixe claro os benefícios que a sua empresa disponibiliza

Finalmente, depois de serem definidos os benefícios que serão oferecidos, é preciso deixar claro para os funcionários as vantagens que eles obterão. Isso é importante para melhorar as estratégias de endomarketing, reter profissionais e atrair novos talentos.

Para informar os benefícios oferecidos, podem ser feitas divulgações em canais de comunicação interna utilizados pela companhia, como as newsletters, jornais internos, murais, TV corporativa, entre outros.

Além de mostrar quais são os benefícios que a companhia oferece, a empresa também precisa orientar sobre como utilizá-los. É o caso do vale-alimentação e refeição via app, como comentamos anteriormente.

Como se trata de algo novo, muitos colaboradores podem ter dúvidas no início do uso do sistema. De tal maneira, convém fazer tutorias e dar dicas explicativas, mostrando como o recurso deve ser utilizado.

Até mesmo simulações podem ser feitas em encontros, para que todos observem como utilizar a nova tecnologia e conheçam as suas vantagens.

São esses os 5 passos necessários para elaborar planos de benefícios. Coloque-os em ação e garanta o sucesso da sua empresa nessa área!

Para que mais pessoas saibam como executar os passos, compartilhe este artigo em suas redes sociais agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *