Afinal, o que é People Analytics? Como pode revolucionar o RH?

O que é People Analytics?

No desenvolvimento de um RH 4.0, metodologias inovadoras precisam ser implementadas. Você sabe o que é People Analytics? 

É justamente um método revolucionário, que avalia as pessoas por meio de indicadores de desempenho, assim como ocorre em outras áreas do setor empresarial.

O uso do People Analytics tem crescido nas grandes empresas, se tornando uma tendência para organizações de todos os portes. 

A metodologia pretende revolucionar o RH e é sobre isso que falaremos neste artigo.

A seguir, explicaremos mais sobre o que é People Analytics e o passo a passo para desenvolvê-lo na sua empresa.

Acompanhe e veja mais informações sobre essa ferramenta poderosa.

Entenda o que é People Analytics

Em tradução livre para o nosso idioma, People Analytics poderia ser chamado de “análise de pessoas”.

Trata-se de uma metodologia que utiliza dados para mensurar o comportamento e grau de satisfação dos colaboradores com a empresa.

Exatamente por esse motivo que é muito aplicado na área de RH.

No livro “Gestão e desenvolvimento de recursos humanos: práticas num contexto em transformação”, as autoras Ana Cláudia Rodrigues, Ana Isabel Couto, Eva Petiz Lousã e Marlene Silva debatem sobre o que é o People Analytics.

Para as estudiosas, “o People Analytics é aquele que recolhe, organiza/estrutura e analisa dados sobre comportamento e desempenho das pessoas num contexto organizacional, abrindo a possibilidade para traduzir comportamentos em informações de gestão”.

Elas ainda salientam que essa metodologia tem o poder de “munir a área de RH com as informações certas para tomar decisões mais claras e certeiras e, assim, facilitar o trabalho da equipe”.

Ao falar sobre a aplicação dos métodos, as autoras evidenciam que “o People Analytics aplica técnicas de Data Science na área dos recursos humanos. Porque as escolhas orientadas por algoritmos podem, muitas vezes, potenciar decisões mais bem conseguidas, como, por exemplo, numa decisão de recrutamento e seleção”.

Vale lembrar que, além do recrutamento e seleção, o People Analytics, também pode ser utilizado em estratégias de retenção de talentos, endomarketing, etc.

Em suma, tudo o que envolve pessoas pode ser medido.

Veja o passo a passo para desenvolver o People Analytics na sua empresa

Entendido o que é People Analytics, agora você deve estar se questionando sobre como colocar essa metodologia em prática no RH da sua empresa, não é mesmo? 

Criamos um passo a passo simples, para que você possa colocar o método do People Analytics em ação com muito mais facilidade. Veja!

Faça a coleta de dados

Como se trata de uma análise de dados, a primeira coisa a ser feita é a coleta das informações que deverão ser estudadas.

Aqui podem ser usadas ferramentas de big data que facilitem esse trabalho.

Os dados podem ser retirados de diversas fontes, como redes sociais, pesquisas de clima e satisfação, currículos enviados por profissionais que desejam trabalhar na empresa, relatórios dos gerentes etc.

Tudo depende do objetivo de cada análise.

Por isso, antes de começar a coletar dados, devem ser listadas perguntas que o People Analytics pode responder.

A partir disso, deve-se pensar onde se encontram as informações que respondem os questionamentos.

Se o seu objetivo é mensurar o grau de satisfação dos funcionários com a companhia, por exemplo, uma pesquisa de satisfação é o local onde os dados devem ser coletados. 

Agora, se deseja saber qual curso de graduação é essencial para uma vaga, pode fazer um levantamento com os profissionais que já fazem parte do setor para qual será realizada a contratação.

Desenvolva os cálculos

Uma vez que todos os dados necessários foram coletados, é chegado o momento de você desenvolver os cálculos.

Trata-se da reunião de  todas as informações, com todas as suas possibilidades de investigação.

É interessante que os dados sejam agrupados e estruturados de forma organizada, para facilitar as análises, que serão feitas na etapa a seguir.

Analise os dados coletados

Nessa etapa é necessário analisar os dados que foram estruturados na etapa anterior, para que eles possam dar um norte na tomada de decisões.

Até então a operação realizada era puramente matemática, coletando e somando números.

Agora, os números devem ser inseridos no contexto da sua empresa, possibilitando diferentes leituras.

A partir das informações obtidas você pode tentar descobrir a origem de problemas, tendências de comportamento etc.

Pratique a modelagem

Quando você entende o que é People Analytics e como ele pode ser aplicado na sua empresa, pensa em múltiplas possibilidades dele ser aplicado. 

E isso se dá o nome de modelagem, que é o cruzamento de todos os dados, números e variáveis que foram levantados anteriormente.

A partir da modelagem, você pode cruzar informações, para que elas tragam mais de uma opção de resposta para as suas perguntas. 

Dessa forma é possível descobrir a conexão entre a escolaridade dos funcionários e o valor que eles recebem com salário, a título de exemplo.

Com a modelagem você pode analisar diferentes possibilidades para fazer as estruturações das equipes, criar programas de benefícios e incentivo, desenvolver campanhas de endomarketing, etc.

Entender  o que é People Analytics pode ser muito vantajoso para a sua empresa, tendo em vista que o método possibilita inúmeros insights e conhecimentos. 

A gestão de RH será facilitada e os resultados dos trabalhos feitos na área de pessoas será muito mais eficiente.

Este artigo foi útil para você? O convidamos para assinar a nossa newsletter e receber na caixa de entrada do seu e-mail, mais informações relevantes como essas, para que possa revolucionar o RH da sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *